Viktor Tsyhankov, o Yarmolenko 2.0
Share:

Viktor Tsyhankov, o Yarmolenko 2.0

Viktor Tsyhankov nasceu em Nahariya, cidade do norte de Israel, onde seu pai, Vitaliy, representava o Hapoel Tayibe. Sua carreira futebolística se deu início em Vinnytsia, uma cidade a 300 quilômetros de Kiev. Aos 13 anos, apesar do interesse do Shakhtar Donetsk, o jovem ucraniano foi para Dínamo de Kiev em 2010 e por lá se desenvolveu como jogador.

Após passar por praticamente todas as categorias e seleções de base do Dínamo e da Ucrânia, Tsyhankov estreou pelo time ucraniano no jogo contra o FC Stal Kamianske, em agosto de 2016, pela primeira divisão ucraniana. Depois de marcar dois gols em quatro jogos, não saiu mais da elenco principal e foi definitivamente promovido a equipe principal, chegando a ser titular na UEFA Champions League contra o Napoli. Semanas depois, contra o Besiktas, marcou o gol de empate da partida, três minutos depois de entrar em campo. Esse gol fez com que lhe tornasse o segundo jogador mais jovem a marcar pelo Dínamo de Kiev em competições europeias.

Marcar na Champions League foi um sonho se tornando realidade, mas quero continuar me desenvolvendo. Os meus objetivos pouco importam se a equipe não ganha”, declarou em entrevista ao portal da UEFA. 

Sua primeira convocação para seleção principal da Ucrânia aconteceu em outubro daquele ano, nos jogos contra Turquia e Kosovo pelas eliminatórias europeias para a Copa do Mundo da Rússia. Contudo, uma lesão o impediu de estrear. Somente um mês depois, no jogo contra a Finlândia, foi possível realizar o sonho de estar entre os melhores de seu país.

Com o porte físico parecido com seu antigo companheiro de time e inspiração, Andriy Yarmolenko, o jovem ucraniano é o típico meia-atacante da atualidade: veloz, habilidoso, inteligente e com uma canhota apurada. Capaz de tirar uma jogada da cartola a qualquer momento do jogo, o atual camisa 15 do Dínamo sempre cria ou abre espaços pelo campo quando tem oportunidade. Apesar de preferir atuar pelo flanco direito, Tsyhankov é eficiente quando também atua pelo lado esquerdo.

Posições onde é capaz de atuar


Publicamente admirador de Lionel Messi e Mario Götze, seu jogo gira em torno de sua habilidade com a bola nos pés e a forma como consegue praticar um futebol vertical. Na atual temporada, possui bons números: 11 gols e oito assistências em 28 jogos, sendo que participou diretamente de quatro gols nas três primeiras rodadas da Fase de Grupos da Europa League. Criativo e cada vez melhor finalizador, a sua forma de jogar recorda verdadeiramente Gareth Bale quando era mais novo.

Aos 21 anos, a beira de já completar 100 jogos com a camisa do Dínamo de Kiev, Tsyhankov deixou de ser uma joia e virou realidade há um bom tempo. Hoje, tem tudo para ser um dos grandes jogadores da história da Ucrânia. Para definitivamente decolar na carreira, o agora vice-capitão dos branco-azulados precisa provar seu valor em uma liga de maior prestígio e é provável que isso aconteça em breve.