Ligação francesa: Rafael Leão, o “Mbappé Português”
Share:

Ligação francesa: Rafael Leão, o “Mbappé Português”

Filho de pais angolanos e nascido em Almada, cidade portuguesa que faz parte do Distrito de Setúbal – área metropolitana de Lisboa e sub-região da Península de Setúbal, sendo a sexta cidade mais populosa de Portugal – Rafael Leão deu seus primeiros passos no mundo do futebol pelo Amora FC, clube português que joga a terceira divisão do país. Após um curto tempo pela equipe, ingressou nas categorias de base do Sporting aos 9 anos, onde passou a maior parte de sua carreira.

Em 2016, ele fez parte do time de Portugal que venceu o Campeonato da Europa Sub-17 da UEFA de maneira convincente. Um ano depois, em maio de 2017 e ainda jogando pelos juniores, Rafael estreou pela equipe B do Sporting em um jogo contra o SC Braga B. Naquele mesmo ano, com apenas 18 anos, estreou pela equipe sub-21 de Portugal. Pupilo de Jorge Jesus, ex-treinador do Leões, era questão de tempo para que ele fosse promovido a equipe principal. Não demorou muito e em fevereiro de 2018, ele estreou pela primeira vez na Primeira Liga (primeira divisão de Portugal) contra CD Feirense.

Eu o conheci quando ele tinha 14 anos e poucas pessoas entendiam seu jeito de jogar”, disse Tiago Fernandes, atualmente treinador do Chaves e foi o mentor de Leão no Sporting. “Ele fazia coisas com a bola que ninguém conseguia fazer. Mas ele ainda tem dificuldade com seu posicionamento no campo”.

Rotulado como “o melhor jogador da história da base do Sporting” pelo próprio Tiago Fernandes, acima até mesmo de Cristiano Ronaldo, ele é o jogador mais jovem a marcar um gol – pelo Sporting – contra o Porto. Devido a desentendimentos com Jorge Jesus e o ex-presiente do Sporting, Bruno de Carvalho, Rafael Leão foi o último dos nove jogadores que rescindiram o contrato com o time verde e branco por justa causa, motivados também pelas agressões que sofreram de torcedores em maio de 2018. Assim, em agosto do mesmo ano, ele assinou um contrato de cinco anos com o Lille, clube que joga a Ligue 1 (primeira divisão francesa).

Habilidoso e com técnica suficiente para dar qualidade no primeiro toque, ele é muito eficiente em jogadas de 1-2, quando recebe a bola de costas e já toca de primeira, passando ao espaço vazio. Criativo em seus movimentos sem a bola, Leão, por mais que seja um centro-avante com boa estatura e porte físico, consegue utilizar bem a sua habilidade. Imprevisível quando está sem e com a bola, também é muito forte nas situações de 1 contra 1, ainda mais quando tem campo suficiente para “colocar na velocidade”.

Em situações de contato, ele se sente confortável devido a sua potência de arrancada, boa massa corporal, força física e uma resistência de chamar a atenção. Por ser praticamente ambi-destro, Leão é um atacante versátil capaz de jogar em qualquer posição ao longo da linha ofensiva. Entretanto, atualmente – e por preferência – ele atua como um centro-avante de movimentação, caindo pelos lados e alternando de posição com o bom Nicolas Pépé.

Posições onde é capaz de atuar


Ainda muito jovem, o atacante de 19 anos precisa melhorar sua competência ao concluir oportunidades de gol. É até normal para um jogador que está começando a ter sequência de jogo em uma grande liga europeia. Mesmo assim, para sua idade, Leão está em um bom nível. Apto a contribuir defensivamente para a equipe, ele tem atributos suficientes para se tornar um atacante de grande qualidade. Na atual temporada são cinco gols em 12 jogos, sendo um gol a cada 116 minutos em campo.

“Mbappé é Mbappé. Ele é um jogador incrível. Tem 20 anos e já provou ser um bom negócio. Eu sou Rafael Leão e tenho que trabalhar para me provar. E hoje eu estou com o Lille para fazer isso e progredir”, disse ele em dezembro de 2018.

Semelhante ao estilo explosivo de Mbappé e Aubameyang, ambos atacantes de muito força física e explosão, Leão esteve próximo de assinar com o Borussia Dortmund quando rescindiu seu contrato com o Sporting, apesar de ter alegado que tinha ido passar férias em Dortmund. No entanto, se mantiver a crescente e a boa forma, é provável que suba de patamar e vá para um grande clube europeu em um futuro próximo.