De refugiado de guerra à comparado com Messi: conheça o kosovar Edon Zhegrova
Share:

De refugiado de guerra à comparado com Messi: conheça o kosovar Edon Zhegrova

Nascido em Herford, cidade do estado da Renânia do Norte-Vestfália na Alemanha, Edon Zhegrova foi mais uma vítima da triste guerra do Kosovo e teve que fugir com seus familiares para sobreviver. Terminada a guerra, retornou aos dois anos de idade para capital do país, Pristina, e quando atingiu certa experiência jogando futebol nas ruas, entrou para o KF Flamurtari, clube que atualmente joga a Superliga do Kosovo (considerada a primeira divisão do país).

Não tenho nada a ver com a Alemanha, disse Zhegrova ao ser perguntado se poderia atuar algum dia pela seleção germânica.

Quando tinha 12 anos, foi selecionado como o melhor jogador do campus júnior realizado pelo Milan em Kosovo, onde independentemente de ter enfrentado adversários majoritariamente maiores, se destacou com gols e uma exacerbada habilidade para uma criança de sua idade. Assim sendo, atuou no FC Prishtina (clube também kosovar) até 2015, quando se juntou ao Standard Liège, um dos maiores e tradicionais clubes da Bélgica. Apesar do interesse de clubes europeus de maior destaque, como PSG, Arsenal e Barcelona — clube de seu sonho, Zhegrova foi convencido a ir para a Bélgica pelas conexões com seu país de consideração e por seu agente, Luan Ahmetaj.

No entanto, o jovem kosovar nunca chegou a estrear pela equipe principal do time belga e acabou cedido por empréstimo para o clube parceiro, St. Truidense VV Reserve, que também atua na Jupiler Pro League (primeira divisão belga). Após se destacar na liga, em março de 2017, ainda que houvesse o interesse de Milan e Barcelona, ele decidiu continuar no país e se juntar ao Genk, clube conhecido por revelar e exportar promissores jogadores. Ainda que tenha sentido dificuldades no começo, Zhegrova começou a ganhar espaço na atual temporada e atuou em 12 jogos, marcando 4 gols e dando uma assistência.

Ao invés de ter um estilo de jogo parecido com o de Lionel Messi — como os jornais belgas dizem, na verdade, o jovem de 19 anos se assemelha mais com uma mistura de Mesut Özil e Arjen Robben. Visão de jogo e o controle de bola do campeão mundial alemão, ao mesmo tempo a velocidade, a habilidade explosiva e o uso da canhota a todo instante como a estrela holandesa do Bayern utiliza, são uma das marcas características do kosovar.

Posições onde é capaz de atuar


Muito forte no 1 contra 1, ele costuma atuar como extremo pelo lado direito, buscando cortar para dentro e finalizar com a perna esquerda. Com 1,81 metros de altura e um bom porte físico, o camisa 8 do Genk também é um ótimo cabeceador, embora não seja a sua especialidade. Por ser um bom finalizador, ele é muito perigoso quando tem a possibilidade de finalizar de fora da área. Contudo, precisa aperfeiçoar seu pé direito e fazer com que ele sirva mais do que para subir no ônibus.

Eles me convidaram, mas eu não me sentia como um sub-21. Eu quero fazer de tudo para jogar sempre que possível em Genk, declarou Zhegrova, com um certo tom arrogante e dando a entender que poderia atuar por outra seleção. 

Apesar de ter recusado a convocação sub-21 de Kosovo em agosto de 2017, declarando que tinha como pretensão se concentrar em jogar no nível do clube, Zhegrova chegou a cogitar atuar por Albânia ou Bélgica. Entretanto, em março de 2018, decidiu jogar no país recém-reconhecido internacionalmente e foi convocado para os amistosos contra Madagascar e Burkina Faso. Em oito jogos por Kosovo, foi titular em cinco deles e acabou marcando dois gols. Agora com mais espaço, tanto em seu clube como na seleção, é bem provável que o kosovar suba de patamar e esteja, em um futuro próximo, atuando na primeira prateleira europeia.