Dawid Kownacki: o “projeto” de Lewandowski
Share:

Dawid Kownacki: o “projeto” de Lewandowski

Nascido em Gorzów Wielkopolski, cidade no oeste da Polônia, Dawid Igor Kownacki deu seus primeiros passos no mundo futebolístico pelo modesto Stilon Gorzów Wielkopolski, clube da quarta divisão polonesa. Aos 8 anos, o jovem polonês foi para o Lech Poznań, um dos principais clubes do país. Por lá, frequentou todas os times da divisão de base e foi promovido para a equipe principal, em dezembro de 2013, quando ainda tinha 16 anos.

Em fevereiro de 2014, Kownacki marcou seu primeiro gol pela Ekstraklasa (primeira divisão do campeonato polonês) na derrota por 5 a 1 contra o Pogoń Szczecin e se tornou um dos cinco únicos jogadores com menos de 17 anos a marcarem na competição. No ano seguinte, o jogador conquistou seu primeiro título como profissional e começou a chamar atenção de clubes do segundo escalão europeu.

Depois de atuar 117 vezes pelo Lech Poznań, onde marcou 27 gols e deu 11 assistências, em julho de 2017, o polonês foi vendido por € 4 milhões para a Sampdoria. Com mais holofotes virados para ele, o atacante teve de encarar o desafio de sair de uma liga muito inferior tecnicamente para enfrentar o campeonato das melhores defesas. E como de praxe, assim como acontece no Brasil com Neymar, teve de lidar com frequentes comparações com Robert Lewandowski (até porque costumam jogar na mesma posição).

“Aos 16 anos, as pessoas estavam me chamando de ‘o novo Lewandowski’ e isso era difícil de lidar. Mas, mudei minha atitude. Cresci e agora melhorei em não levar a sério o que as pessoas dizem. Claro, ainda tenho grandes sonhos”, declarou em seguida a conquistar o título da primeira divisão polonesa.  

Rápido, ágil, driblador, técnico e extremamente bom finalizador, Dawid Kownacki tem todas as características que um bom atacante precisa ter. Possuindo 1,86m de altura, o atacante também é um bom cabeceador, apesar de ainda precisar melhorar esse atributo. Quando atua pelos lados do campo, é visível a dificuldade do jogador em realizar um bom cruzamento. Então, em boa parte das jogadas — até por ser ambidestro, corta para o meio com a bola ou busca centralizar a todo instante.

O que mais chama atenção em seu estilo de jogo é a capacidade de expandir para além da grande área. Agora, há praticamente dois anos na Itália, é visível sua melhoria na movimentação no terço final do campo. Inevitavelmente, o jogador também evoluiu muito defensivamente, pressionando a defesa adversária sempre que possível e utilizando sua técnica e vigor físico para definir bem os contra-ataques.

Posições onde é capaz de atuar


Capaz de atuar em praticamente todas as posições do ataque, o polonês não vem tendo muitas oportunidades por seu clube — entrando em boa parte dos jogos oriundo do banco, mesmo tendo feito uma boa temporada de 2017-18. Já pela seleção polonesa, a história é outra: somando todas categorias e ignorando a equipe principal, o jogador possui 31 gols em 40 jogos. Só pelo sub-21, equipe em que é capitão, são 15 gols em 20 jogos, sendo 11 deles nos últimos 11 jogos pelas eliminatórias para o Campeonato Europeu de 2019.

Resumidamente: o atacante é muito mais jogador de seleção, do que de clube. Presente na Copa do Mundo de 2018 e participando de dois jogos, Kownacki, aos 21 anos, já possui bagagem e talento suficiente para almejar mais. Visando uma vaga na titularidade pela seleção, apesar de preferir atuar como atacante de referência, talvez seja até melhor se especializar em atuar pelas pontas e evitar a briga de cachorro grande pelo comando do ataque. Porém, antes, precisa recuperar espaço na Sampdoria e buscar dar o salto que se espera dele em sua carreira.

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram Access Token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.