Conheça Leonardo Balerdi, o novo reforço do Borussia Dortmund
Share:

Conheça Leonardo Balerdi, o novo reforço do Borussia Dortmund

O nome de Leonardo Balerdi ganhou notoriedade no Boca Juniors há pouco mais de seis meses, quando foi inscrito na Copa Libertadores usando o número 9, deixado vago pela grave lesão de Darío Benedetto. No início da pré-temporada, com a equipe principal nos Estados Unidos, ele e mais dois jovens jogadores da equipe foram designados para a seleção argentina sub-20 que participaria do Torneio de L’Alcudia, realizado anualmente em L’Alcúdia, na Espanha. E lá o zagueiro, campeão do torneio, recebeu uma oferta — que foi rejeitada — para ir ao Barcelona.

Nascido em 26 de janeiro de 1999 em Villa Mercedes, San Luis, ele começou a jogar no Sportivo Pueyrredón, seu time da cidade. Aos 14 anos, Balerdi, por meio de uma peneira realizada pelo Boca em sua cidade natal, foi escolhido quando ainda atuava como meio-campista central. Entretanto, Fabián Fedullo, ex-treinador das categorias de base da equipe, o colocou como um defensor central por acreditar que as suas características se encaixariam melhor jogando na última linha defensiva.

Promovido a equipe reserva do time da La Bombonera em 2017, Balerdi só participou de cinco jogos no ano. Já em 2018, ele se tornou peça-chave no time comandado por Rolando Schiavi e foi promovido a equipe principal. E foi Guilherme Schelotto, ex-treinador dos xeneizes, que promoveu sua estreia na terceira rodada da atual Superliga (campeonato argentino), contra o Huracán. Após isso, ele esteve no banco de reserva em quatro oportunidades (uma na Libertadores, uma Copa Argentina e duas no campeonato local).

Técnico, agressivo e veloz: o jovem de 19 anos é basicamente tudo que um zagueiro moderno precisa ser. Por possuir 1,88 metros de altura, ele também é forte na bola aérea defensiva e ofensiva. Apesar de aparentar ser aquele zagueiro desengonçado, Balerdi consegue unir a força física com a técnica, sendo capaz de avançar com a bola e efetuar passes verticais sempre que possível. Devido a tentar sair jogando na grande maiorias das ocasiões, o zagueiro pode cometer alguns vacilos naturais para a idade e que não podem acontecer em um jogo de maior grandeza.

Ainda que tenha o pé direito como seu pé preferido, ele também é eficiente quando atua do lado esquerdo da zaga. Embora não tenha nenhum jogo oficial como meio-campista, ele gosta — seu ídolo e inspiração é Fernando Gago — e poderá ser desenvolvido na posição que começou a carreira nas categorias de base, muito por conta do bom passe e de ser um exímio marcador, além de dificilmente perder um duelo no 1 contra 1.

Posições onde é capaz de atuar


Para medida de comparação, Zagadou, zagueiro do Dortmund que tem a mesma idade do argentino, em 15 partidas pela Bundesliga, realizou 61,3 e acertou 53.8 (88%) passes em média por jogo. Provavelmente por conta do estilo de Lucien Favre privilegiar mais o passe de bola do que Guilherme Schelotto, o zagueiro francês realizou e acertou mais passes do que o argentino. De qualquer maneira, é provável que Balerdi desenvolva e melhore esse atributo cada vez mais.


A recente lesão do pilar da zaga auri-negra, Manuel Akanji, foi a principal causa para o Dortmund buscar Balerdi como substituto do suíço. Nesse caso, ele será o quarto defensor do clube, atrás de nomes como Abdou Diallo, Dan Axel Zagadou e Omer Toprak. O último, que provavelmente está de saída, participou de 14 jogos em todas as competições até agora nesta temporada, sendo que foi titular apenas uma vez.

“Eu estava esperando (pela transferência ser concluída) por dias e estou tão feliz por finalmente estar aqui”, disse Balerdi à BVB TV. “O treinamento é muito intensivo, mas meus colegas de equipe estão fazendo um grande esforço para me ajudar a integrar o mais rápido possível. Eu tenho um estilo de jogo agressivo e agressivo. Quando eu puxar a camisa, vou lutar por ela até cair e sempre tentar vencer. Dortmund é uma grande cidade e um clube de alto nível. Então, estou muito feliz aqui”.

O que mais chama a atenção nesse caso é o motivo do Dortmund ter ido até a Argentina buscar um zagueiro de 19 anos que atuou em somente cinco jogos na temporada inteira. Talvez por conta da idade e da perspectiva de evoluir bastante em futuro próximo, fora que as características do jogador encaixam perfeitamente no atual estilo de jogo da equipe. Entretanto, faria mais sentido buscar um zagueiro na própria liga local, até para se evitar o difícil processo de adaptação do jovem que nunca atuou em nível europeu e vai estar em um elenco sem sul-americanos.

Ainda assim, a contratação do zagueiro argentino é uma boa e válida aposta. Atualmente treinando com a seleção argentina sub-20 para a disputa do campeonato sul-americano da categoria, Balerdi tem todas as características necessárias para atuar na Bundesliga. A grande questão é o tempo que levará para se integrar e poder desempenhar seu mais alto nível. Tempo esse, que o Dortmund não pode esperar.

This error message is only visible to WordPress admins

Error: There is no connected account for the user 9712651680 Feed will not update.