Amer Gojak: da Bósnia para o mundo
Share:

Amer Gojak: da Bósnia para o mundo

Nascido em Sarajevo, capital e maior cidade da Bósnia e Herzegovina, Amer Gojak começou sua carreira futebolística no Novi Grad Sarajevo, oficina que busca formar novos talentos. Após 4 anos por lá, no ano de 2009, ele foi para o Football Club Željezničar, clube que atua na BH Telecom Premier League (primeira divisão da Bósnia) e tem pretensões maiores. Entretanto, devido a desavenças com a diretoria, deixou o clube sem mesmo atuar pela equipe principal. Então, em 2014, assinou com o FC Olimpik Sarajevo, clube que também atua na primeira divisão da bósnia, e estreou profissionalmente em março contra o FC Velež Mostar.

Alguns meses depois foi vendido por uma taxa que girou em torno de €450 mil ao Dinamo Zagreb, maior clube da Croácia e famoso por revelar grandes talentos. Inicialmente, o denominado o maior talento bósnio da época, começou atuando ainda pelas divisões de base do clube croata. Depois de impressionar a comissão técnica, estreou plea equipe principal aos 18 anos, em um jogo contra o Istra 1961, pela MAXtv Prva Liga (primeira divisão da Croácia).

Na sua primeira temporada oficialmente promovido ao profissional, Gojak conquistou a dobradinha (campeão da MAXtv Prva Liga e da Taça da Croácia), atuando em praticamente todos os jogos de ambos os campeonatos e sendo importantíssimo nas conquistas. Em setembro de 2016, aos 19 anos, estreou pela Champions League contra o Lyon e começou a ser observado pelos principais olheiros dos grandes clubes europeus.

Ainda que o vídeo possua lances relativamente antigos, Gojak continua o mesmo e até um pouco diferente. No início da carreira, costumava atuar como camisa 10, muito por conta de ter facilidade em driblar e ser extremamente criativo quando possuísse espaço para pensar. Atualmente, ele também é capaz de atuar recuado e, com isso, melhorou sua parte defensiva e a qualidade no passe — que já era boa.

Atuando de médio defensivo ou ofensivo, o bósnio de 21 anos é um verdadeiro playmaker, independentemente de possuir números não muito chamativos: 16 gols e 15 assistências em 147 jogos na carreira (somente clubes) — até porque quando foi promovido a equipe principal, atuou mais recuado em boa parte dos jogos. No caso, o que mais chama atenção no camisa 14 do Dinamo Zagreb, é o estilo de jogador muito diferente do que se esperava que ele se tornaria. Não que isso seja ruim, muito pelo contrário, era mais do que necessário para que ele pudesse ter oportunidades.

Posições onde é capaz de atuar


Criativo, driblador, técnico e com uma boa visão de jogo, o meio-campista bósnio tem todos os requisitos para realizar uma ótima saída de bola. Tanto é que chegou a atuar como zagueiro nesta temporada, em razão de possuir 1,84 metros de altura e saber sair jogando com a bola nos pés. Ainda assim, também desempenha bem a função de ser o principal homem de criação da equipe, visto que começou a carreira dessa maneira.

Convocado em março de 2017 para a seleção principal da Bósnia e Herzegovina, além de ter figurado em todas as seleções de base do país, Gojak estreou oficialmente em 2018, no jogo contra a Áustria válido pela Liga das Nações. Nas próximas convocações é bem capaz de o vermos figurando cada vez mais entre a equipe titular. E muito provavelmente será mais um talento exportado pelo Dinamo Zagreb, pois Sevilla, Southampton, Newcastle, Porto e Lyon figuram entre as equipes interessadas em contar com o jogador.

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram Access Token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.